Patrona da Cadeira nº 35 - Pedrina Calixto






Em Itanhaém, litoral de São Paulo, vem à luz, a 29 de abril de 1887 Pedrina Calixto de Jesus, filha do ilustre pintor Benedito Calixto.
Pintora puramente acadêmica e de extrema sensibilidade, teve como ideal pintar o mar, com seu fascínio, como seu pai o retratava. Seu primeiro trabalho significativo foi a reprodução de As Meninas, de Renoir.
Viveu a maior parte de sua vida, em São Vicente, onde encontrou inspiração para muitos quadros. Nas praias de Itanhaém se inspirou para criar, entre outras telas, Prainha de Itanhaém e Praia das Salinas.
Pedrina foi professora de desenho e pintura e, sobretudo, restauradora de obras de imortais artistas. Em Santos, registrou sua passagem como professora em duas escolas de renome: José Bonifácio e Liceu Feminino Santista.
O ano de 1939 foi pródigo para a artista, que participou de duas expressivas exposições: uma coletiva de arte, por ocasião do Centenário de Santos e outra, a convite do Movimento Artístico Brasileiro, no Studio Nicola, na Cinelândia - Rio de Janeiro. Restaurou quadros pertencentes ao acervo da Prefeitura Municipal de Santos. Entre suas mais belas restaurações, destaca-se Vila de Santos Antiga, quadro de excepcional valor histórico, pertencente à Associação Comercial de Santos.
Faleceu em São Paulo, a 18 de abril de 1973.
Acadêmica Titular da Cadeira: Maria Zilda da Cruz – Membro Efetivo.
Graduada em Pedagogia e História - especialização em Psicologia. Mestra e Doutora em Psicologia pela Universidade de São Paulo – USP. Livro e artigos publicados. Prêmios em literatura no Brasil e exterior.
Antecessoras:
Lucy Burgos Pereira – Membro Fundador.
Carmelinda Guimarães.
Rua Fernão Dias, 34 - sala 11 -
Tel.: (13) 97419-2434 ID: 35*60*38491 - Gonzaga - Santos