Patrona da Cadeira nº 17 - Cora Coralina




Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, a nossa Cora Coralina, nasceu a 30 de agosto de 1889, na cidade de Goiás Velho, estado de Goiás. Patrona da Cadeira Número 17 desta academia, Cora Coralina foi mulher sertaneja, livre e rude. Em seus versos cantou a infância, no abandono à pureza de ser criança, e cantou o parto das sementes rebentando em frutos doces e silvestres. Ao ler seus versos, percorremos velhas pontes e somos colocados dentro dos casarões antigos, no coração de um Brasil histórico.
Cora Coralina viveu 86 anos, cantou a esperança e a fé. Era simples e fez apenas o curso primário, mas foi doutora “feita pela vida, pelo estudo incessante de tudo quanto aconteceu em seu derredor” – palavras da Reitora da Universidade Federal de Goiás. Recebeu realmente o título de Doutora Honoris Causa daquela Universidade.
Quatro livros foram publicados. Um testemunho de vida e amor exaltado nos versos de Carlos Drummond de Andrade.
Cora Coralina faleceu aos 10 de abril de 1985.
Acadêmica Titular da Cadeira: Orita Prata Real – Membro Efetivo.
Bacharel em Geografia pela Universidade de São Paulo, em 1989. Licenciada em Geografia também pela Universidade de São Paulo, em 2000. Professora e artista plástica. Especialista em escultura em areia. Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Santos.
Antecessora:
Aracy Esteves Soares Campos – Membro Fundador.
Rua Fernão Dias, 34 - sala 11 -
Tel.: (13) 97419-2434 ID: 35*60*38491 - Gonzaga - Santos