Patrona da Cadeira nº 07 - Antonietta Rudge


No dia 13 de junho de 1885, nascia em São Paulo Antonietta Telles Rudge, futura menina prodígio da arte musical. Seu talento e percepção foram notados quando, aos quatro anos, abrilhantou a festa de aniversário de seu avô materno, interpretando ao piano uma mazurca de sua autoria.
Aos sete anos, já aluna do maestro Luigi Chiafarelli, deu seu primeiro concerto no Salão Steinway.
Em 1927, a convite do maestro Tabarin, assumiu a direção e o magistério artístico do Conservatório Musical de Santos, no qual permaneceu durante quatro décadas, formando jovens e enriquecendo a cultura de nossa cidade, promovendo a vinda dos mais atuantes e aplaudidos artistas brasileiros.
Foi embaixatriz da música brasileira na Argentina, fundadora do primeiro Trio Feminino do Brasil, que apresentou obras importantes da literatura camerística, Professora Honorária da Escola Nacional de Música da Universidade do Brasil, membro da Academia Brasileira de Música e solista do regente e compositor francês Saint-Saëns.
Na década de 1960, apresentou-se no Teatro Coliseu, em Santos, num concerto a três pianos, com Souza Lima e Guiomar Novaes, sua amiga e ex-aluna.
No dia 13 de julho de 1974, na sua residência, em São Paulo, despediu-se da vida terrena, aos 89 anos.
Acadêmica Titular da Cadeira: Ana Lúcia de Souza Feijó da Silva – Membro Fundador.
Pedagoga com especialização em Educação Especial, professora de Psicologia, História da Educação e Sociologia, pós-graduada em Psicopedagogia Clínica, e em Psicodrama. Professora de Arte Musical. Prosadora e poetisa.
Rua Fernão Dias, 34 - sala 11 -
Tel.: (13) 97419-2434 ID: 35*60*38491 - Gonzaga - Santos